728x90 AdSpace

Latest News

Tecnologia do Blogger.
26.9.12

{TeEscrevendo} Projeto de livro do Luis :) "Reiolguer: Caminhos Esquecidos"

Olá pessoas nerds :p
Faz tempo que não posto aqui né? :)

Bom, estou me aventurando no mundo dos escritores, e vim trazer para vocês o Prólogo de uma "saga" que estou escrevendo, ela está sendo prevista em 3 livros, que irá se chamar "Reiolguer", e estou quase quase concluindo o primeiro, ela será uma "saga" independente e totalmente idealizada por mim :). Espero que gostem.

Se forem copiar trechos ou mesmo o conteúdo deste Prólogo completo, avisem a mim ou a qualquer membro do TeNerdificando, pois assim não haverá conflitos literários. Aproveitem :)




Prólogo


Os vultos escuros que outrora não poderiam ser identificados agora estavam clareando, seus pensamentos finalmente também estavam vindo à tona. E o sentimento de revolta também.

                Aquilo que era o seu dever e também o seu castigo, não estava mais lá. O pânico então começou a invadir todos os pensamentos. Tentou mover as pernas, porém, elas estavam imóveis e dormentes. Já não sentia mais nada do corpo, apenas o movimento de sua cabeça estava dolorosamente ali, seus sentidos aos poucos também foram voltando, se sentiu grato por não senti seus membros, pois saberia que o grito de dor seria sua morte, e também iria fracassar o resto de chance que tinha de salvar o seu país, nem que seja com informações privilegiadas.
                O ponto luminoso que outrora estava em suas mãos, agora estava na mão de um homem baixo e careca, que tinha uma aparência assustadoramente frágil, o homem que estava ao seu lado tinha quase a mesma aparência, porém havia uma tatuagem em seu braço que aparentava ser muito antiga, então o jovem resolveu se concentrar para ouvir o que os dois estavam conversando. Porém não estava conseguindo ouvir nada, então ele se concentrou até a ultima força que tinha ali em seu corpo e conseguiu ouvir trechos da conversa:
                - Senhor devemos partir esta pedra exatamente aqui, aqui é um lugar perfeito! – Disse o homem com a tatuagem no braço – Está quase no centro de nosso planeta, iria se espalhar por lugares desejáveis e também iria afastar o poder contido ai dentro dos locais que não queremos.
                - Já havia pensando nisso Horace, - Disse o homem baixo e frágil, com uma voz que parecia de um aço cortando algo – e tenho a mesma opinião de você, porém se quebrarmos aqui seriamos muito atingidos pelo poder contido nesta mera e simples pedrinha.
                - E qual o lado ruim disso?

                Suas forças já estavam se esgotando, o esforço para tentar ouvir foi demasiadamente grande, a única coisa que ele queria era dormir para sempre, mais os homens estavam discutindo ainda e parecia ser de vital importância ouvir o que estavam dizendo, mas na condição que estava seria impossível, então ele ficou apenas observando com os olhos semicerrados, até que um movimento brusco do homem tatuado chamou sua atenção, ele estava com o ponto luminoso e estava pronto para quebrá-lo...
                - NÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!!

                Gritou o rapaz, porém seus esforços acabaram sendo inúteis, sua voz estava rouca e muito baixa, seus esforços foram inúteis, a pedra então se partiu, trazendo no que parecia, toda a luz do universo para ela mesmo, tudo começou a ficar escuro, e um som ensurdecedor atingiu seus ouvidos, os dois homens também foram afetados por este som, os seus joelhos acertaram o chão, e então eles vieram correndo para os destroços que estavam na perna do rapaz. Ele então pode vislumbrar melhor os dois homens, o mais baixo usava uma barba muito rala, o que deixava em seu rosto uma sensação de pena, pois um de seus olhos estavam faltando e ele não era nada bonito, o outro tinha o rosto sem expressões, e combinava muito com ele e dava arrepios no jovem.
                Sua atenção voltou novamente para a pedra, ela irradiava uma luz horripilantemente linda, até que o barulho em seus ouvidos pararam, ele sentiu então algo quente lhe trespassando suas orelhas, soube na hora o que era pois olhou para os homens e seus ouvidos estavam pingando sangue, eles pareceram não ligar. A pedra começou a flutuar poucos centímetros, ela começou a fazer horrorosos barulhos de algo se chocando. Até que ela sumiu, ele sentiu algo que misturava angustia e felicidade pois aquilo havia terminado. Foi quando uma poeira explodiu na sala, quebrando os muros da casa inteira, seus membros começaram a doer, os mesmos membros que outrora não eram sentidos, os mesmos membros que ele já havia desistido. A dor foi muito forte e intensa, ele tentou gritar mais sua garganta saiu uma estranha luz azul, e então tudo voltou a ser escuro.



Ainda nada foi revisado então poderá haver algumas modificações até a versão final, mais vo ta passando para vocês a cada post um pedacinho deste livro :)

Até a próxima!
no image
  • Title : {TeEscrevendo} Projeto de livro do Luis :) "Reiolguer: Caminhos Esquecidos"
  • Posted by :
  • Date : 13:43
  • Labels :
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments

6 comentários:

Postar um comentário

Top